Renault confirma discussões com a VW para uma plataforma comum
Dacia Sandero foi o modelo mais vendido em janeiro. VW Golf e Peugeot 208 no top 3

VW vai iniciar programa de corte de despesa

By on 28 Novembro, 2023

O mundo da indústria automóvel muda a uma velocidade tremenda e as forças dentro da indústria vão mudando. O grupo VW passa por uma fase de menor fulgor e iniciou um programa de corte de despesa para manter a sua competitividade.

Com o reforço de posição de outros grupos e com o mercado dos elétricos a promover a chegada de novas marcas, a VW perdeu alguma força e é agora obrigada a tomar medidas. O fabricante de automóveis está a meio de negociações com o seu conselho de empresa sobre um esquema de redução de custos na sua marca VW, o primeiro passo num esforço de todo o grupo para aumentar a eficiência na transição para os automóveis elétricos. A VW procura cortar em 10 mil milhões de dólares.

Uma das medidas passa por cortes na mão de obra e Gunnar Kilian, membro do Conselho de Recursos Humanos, afirmou que tal seria conseguido através de acordos sobre reformas parciais ou antecipadas.

No entanto, a maior parte do objetivo de poupança de 10 mil milhões de euros será alcançada através de outras medidas que não a redução de pessoal, acrescentou Kilian, devendo os pormenores ser definidos até ao final do ano.

“Precisamos finalmente de ser suficientemente corajosos e honestos para deitar fora coisas que estão a ser duplicadas dentro da empresa ou que são simplesmente um lastro de que não precisamos para obter bons resultados”, disse Kilian.

A Reuters teve acesso a um post publicado pela VW na sua intranet, no qual o diretor-executivo Thomas Schäfer afirmava: “Com muitas das nossas estruturas pré-existentes, processos e custos elevados, deixámos de ser competitivos como marca Volkswagen”.

Trata-se de um momento de mudança no grupo VW, com um plano ambicioso para manter a competitividade da marca, num mercado cada vez mais competitivo e agressivo.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)