VW volta a enfrentar acusações de manipulação de motores diesel

By on 15 Janeiro, 2019

Desta feita tudo se confina ao Velho Continente, com o jornal alemão “Bild am Sonntag” a referir fontes do grupo VW que indicam estarem 370 mil unidades equipadas com motores diesel em risco de ser serem recolhidas ou mesmo retiradas da estrada, caso a KBA, a entidade reguladora dos transportes na Alemanha, acusar a VW de nova manipulação dos motores. Segundo o Automotive News Europe, em causa está o motor 1.2 TDI. Isto apesar da VW ter dado garantias que este motor não tinha sido manipulado.

Os procuradores alemães estão a preparar um processo contra executivos do grupo VW por suspeita de fraude, apesar de ainda decorrerem investigações e audiência de testemunhas. Encurralada por mais este processo, a VW, através de um porta voz, veio dizer que o sistema de controlo de qualidade para os modelos equipados com o motor 1.2 TDI, o EA189, revelou algumas irregularidades que estão a ser investigadas internamente. Mais informou este porta voz que a VW informou, imediatamente, as autoridades, estando em permanente contacto com as mesmas.

A KBA já tinha intenção de forçar a recolha de 30 mil unidades afetadas, mas o número final deverá ser bem maior que esse. Recordamos que o grupo VW já recolheu milhares de unidades em todo o mundo desde que em setembro de 2015 foi espoletado o “Dieselgate” nos EUA. O construtor alemão já reparou 90% dos veículos afetados globalmente e Herbert Diess, CEO do grupo, tinha, recentemente, anunciado que a maioria dos problemas legais com o “Dieselgate” estava resolvido. Afinal…

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)

Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)

Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Deixe um comentário

Please Login to comment