“World’s Best Drives” da Mazda incluem o centro histórico da cidade do Porto

By on 23 Junho, 2022

Um grupo de especialistas da área automóvel escolheu diversos cenários de condução, que permitissem explorar as capacidades dinâmicas dos modelos da Mazda.

Assim que nos sentamos ao volante de cada automóvel, começamos de imediato a imaginar como é que este se portará na estrada e que prazer de condução nos poderá transmitir. Uma das marcas que nunca abandonou este conceito, independentemente do segmento para o qual idealiza cada automóvel foi a Mazda, que procura sempre a melhor sensação de Jinba Ittai nos seus modelos.

Para explorar um pouco melhor os mais variados cenários, a marca convidou um grupo de especialistas ligados ao mundo automóvel, com o objetivo de lhes colocar a seguinte questão: “Quais as estradas que consideram mais dignas das fantásticas driving machines da Mazda?

Composto por quatro nomes, o grupo integra Odiel Mennink, jurada da iniciativa ‘Women World Car of the Year’ e fundadora da publicação online holandesa femmefrontaal.nl, focando-se na perspetiva feminina dos automóveis, ela que conduz, habitualmente, um Mazda MX-5 preto. Segue-se Jack Baruth, jornalista automóvel há mais de 20 anos, sendo considerado um dos melhores da temática nos EUA. Também jornalista da área, mas de origem britânica, Dan Trent é conhecido por testar supercarros, veículos eléctricos e SUV, fazendo-o, igualmente, há mais de duas décadas, ele que, em tempos, foi proprietário de um Mazda MX 5. Fundador do portal detour-roadtrips.com, Nik Berg tem um especial apreço pelos modelos Mazda, algo que vem da sua juventude, ou não tivesse aprendido a conduzir no RX-7 do seu pai.

Trabalhando em equipa, este quarteto de especialista conseguiu compilar uma lista com seis propostas de experiências de condução mais emotivas em todo o mundo. E no meio destas seis, uma é aqui mesmo, em Portugal.

Melhor percurso urbano: Porto, Portugal
Em números | Comprimento: 7,4 km; Tempo: 2 minutos e 27,53 segundos
Ao atravessarmos este património mundial de rara beleza é difícil acreditar que, noutras épocas, pilotos de Fórmula 1 costumavam acelerar através das suas ruas estreitas. Mas é um facto que o fizeram, nos anos de 1958 e de 1960. “O Porto é uma das minhas cidades favoritas“, afirma Odiel Mennink. “É uma cidade onde não precisamos de nada, onde podemos, facilmente, deixar-nos desfrutar de dois ou três dias a vaguear pelas ruas antigas da zona da Ribeira.
Melhores modelos Mazda para explorar a cidade: Para desfrutar das melhores paisagens há que aproveitar a elevada posição de condução do elegante Mazda CX-5. Já o Mazda MX-30 EV, com sistema de carregamento rápido, mostra-se perfeito para explorar a cidade. Já o pequeno e enérgico Mazda2 foi projetado para um ambiente urbano de grande azáfama, sendo sempre divertido de conduzir.
Outras recomendações: Monte-Carlo (Mónaco); Singapura (Singapura); Montreal (Canadá); Melbourne (Austrália).

Melhor subida de rampa: Pikes Peak, EUA
Em números | Comprimento: 19,6 km; Curvas: 156; Diferença de altitude: 1.438 m; Tempo (recorde): 7 minutos 57,148 segundos
Palco da corrida internacional anual de Pikes Peak, esta enorme montanha ascende 4.302 metros acima solo do Colorado, sendo que a viagem até ao seu cume leva cerca de uma hora a cumprir para um condutor mediano. “Se as vistas não te tirarem o fôlego, o ar rarefeito da montanha pode simplesmente fazê-lo“, afirma Dan Trent.
Melhores modelos Mazda para subir a montanha: A agilidade, visibilidade e segurança do SUV CX-30 coloca-o no topo da lista para enfrentar esta cansativa subida. Curiosamente, também o Mazda MX-5, de tração traseira e baixo peso, já provou ser digno de um feito semelhante, depois de em 2017 ter terminado na 7ª posição a Prescott Hillclimb, no Reino Unido, na categoria Até 2000 cc, tendo sido o veículo não modificado mais rápido a cumprir o traçado.
Outras recomendações: Hakone Turnpike (Japão); Mount Evans (EUA); Race to the Sky Cardrona Valley (Nova Zelândia).

Melhor passagem de montanha: Irohazaka, Japão
Em números | Inauguração: 1954, Diferença de altitude: 396 metros
Esculpidas nas montanhas da pequena cidade de Nikko, as 48 curvas da Estrada Sinuosa de Irohazaka compõem um dos passeios com mais curvas mais bonitos do mundo. “Durante séculos, as pessoas vinham a Irohazaka para uma experiência religiosa., mas presentemente são os crentes da arte do ‘drift’ que fazem essa peregrinação”, refere Nik.
Melhores modelos Mazda para explorar estradas serpenteantes: O compacto e ágil Mazda3 será uma proposta ideal para explorar quaisquer curvas em gancho. Também o espevitado Mazda MX-5 é perfeito para conduzir numa estrada tortuosa, um modelo que, em 2019, estabeleceu um recorde mundial para o maior número de curvas feitas em 12 horas, nada menos do que 2.900!
Outras recomendações: Passo Dello Stelvio (Itália); Trollstigen (Noruega); Jebel Hafeet Street, (EAU); Furkapass (Suíça)

Melhor percurso costeiro: Atlanterhavsvegen, Noruega
Em números | Comprimento: 8,3 km; Pontes: 8; Largura: 6,4 metros: Gradiente máximo: 8%
Hoje imortalizado no mais recente filme de James Bond, “No Time To Die”, a Estrada do Atlântico faz a ligação entre uma sequência de ilhas de uma forma espetacular. “É uma mistura deslumbrante de paisagens naturais deslumbrantes e engenharia civil”, comenta Dan Trent. “Esta estrada prova que os humanos podem deixar a sua marca no mundo de uma forma simpática em termos de ambiente.”
Melhores modelos Mazda para fazer um tour pela costa: A condução é uma experiência multissensorial no Mazda MX-5, por isso baixe a capota e absorva os raios de sol e o ar fresco do mar. Já a gama de modelos com assinatura CX da Mazda dar-lhe-á muito espaço para levar consigo tudo o que precisa para muita diversão à beira-mar.
Outras recomendações: Pacific Coast Highway (EUA); Chapman’s Peak (África do Sul); Causeway Coast, (Irlanda do Norte); Great Ocean Road (Austrália).

Melhor Percurso Cultural: Targa Florio, Sicília
Em números | Comprimento: 446 km; Primeira edição: 1906
Percorrer o traçado de uma das mais lendárias corridas do mundo, através da Sicília, é uma viagem que todos os entusiastas de automóveis deveriam fazer. “De 1955 a 1973, o Targa Florio contou para o Campeonato do Mundo de Carros Desportivos. Hoje também pode conduzir nesse ‘circuito’, rasgando a ilha da Sicília através das passagens sinuosas de montanha, atravessando restos de caminhos que fizeram parte dessa ilustre competição”, acrescenta Odiel Mennink.
Melhores modelos Mazda para uma viagem cultural: Mergulhar no interior e exterior das aldeias e conduzir em redor dos campos e das colinas é ideal para o excelente Mazda CX-3, ou para o sofisticado estilo do Mazda3, em formato hatchback ou sedan, combinando capacidade de resposta, virtuosismo e impressionantes consumos inerentes à Skyactiv Technology, sublinhando essa digressão artística.
Outras recomendações: Franschhoek Pass (África do Sul); The Silo Art Trail (Austrália); Cabot Trail (Canadá).

Melhor Road Trip Épica: Route 66, EUA
Em números | Estados atravessados: 8; Fusos horários: 3; Data do comissionamento: 1926
Ligando a cidade de Chicago, no estado do Illinois, a Santa Monica, no estado da California, ao longo de mais de 4.000 km, surge a estrada mais famosa dos EUA. “Entender a Route 66 é entender a América ao longo dos últimos 100 anos. É um lugar sagrado, esculpido pelos automóveis pelas pessoas que a idolatram, pelos que necessitam dela ou pelos que simplesmente a toleram”, refere Jack Barruth.
Melhores modelos Mazda para esta epic drive: Se for para a cumprir na totalidade, irá decerto apreciar o conforto e espaço proporcionado, a si e aos seus companheiros de viagem, pelo Mazda CX-5.
Outras recomendações: The North Coast 500 (Escócia); Hringvegur / Route 1 (Islândia); Trans-Canada Highway (Canadá); State Highway 1 (Nova Zelândia).

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)