Yamaha acaba com envolvimento na indústria automóvel

By on 24 Outubro, 2019

O espaço da Yamaha no Salão de Tóquio mostrava novos modelos no seu “core business”, motos e motociclos, e alguns automóveis. Mas apenas para comunicar que vai abandonar a indústria automóvel.

Cientes das dificuldades que teriam num ambiente cada vez mais competitivo mantendo a colaboração com Gordon Murray nos seus projetos, a Yamaha optou por se retirar de cena. Lembramos que a marca japonesa apresentou dois protótipos em Tóquio (2013 e 2015) chamados, respetivamente, the Motiv e Sports Ride Concept, baseados no sistema de produção i-Stream de Gordon Murray.

Naoto Horie, porta voz da administração da Yamaha, deixou claro na conversa tida com os jornalistas que os projetos não iriam ter continuidade, focando a marca a sua atenção nas motos e em veículos mais pequenos e próximos do seu “core business”. Segundo ele, “os carros já não fazem parte dos nossos plenos a longo prazo. Esta foi uma decisão tomada pelo presidente Hidaka. Segundo ele, não se consegue perceber num futuro próximo a forma de desenvolver qualquer dos dois carros e fazê-los destacar-se da concorrência, muito forte nos dias que correm. Claro que os carros desportivos são muito apelativos para nós e para os entusiastas, mas o mercado é particularmente complicado.”

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)